Oh My Closet


Deixe um comentário

Intercâmbio

Como alguns sabem, ano que vem vou fazer um intercâmbio, e vou postar aqui dicas para quem quiser ir e quiser se programar e tirar algumas dúvidas. Em primeiro lugar, você precisa saber o destino. Nessa hora você precisa ter muita atenção, pesquise sobre o país, pesquise a fundo, moeda, custo de vida, hospitalidade, temperatura, fuso horário, opções para lazer, cada mínimo detalhe é fundamental, pois você está escolhendo uma moradia temporária, ou seja, você têm que se sentir bem a cima de tudo. Não deixe ninguém influenciar sua escolha, é sempre bom ouvir dicas de quem já foi, pontos fortes e fracos, mas no final de tudo a escolha é sua, é você que irá viver essa experiencia, então tem que ser um lugar que você realmente queira.

Segundo.. é indicado ir a partir do nível básico, porque já vi pessoas que foram sem saber nada, e acreditem, dependendo do tempo que você fica, mas atrapalha do que ajuda. Se não tem um nível aceitável do idioma, não adianta, você não entenderá quase nada que os professores explicam, irá atrasar sua turma, irá ser um anti-social pois não vai conversar com ninguém, então não rola né? Outra coisa é escolher bem a agencia que você vai, isso é muito importante, principalmente para seus pais, a agencia que cuida de toda a burocracia da matricula na escola, de sua moradia, eles vão te auxiliar em todos os processos para sua viagem, para sua segurança, pesquise, visite pelo menos três agencias, compare as vantagens, faça perguntas, é importante que você saia de lá sem dúvida nenhuma. Não se deixem levar pelo preço, as vezes é melhor pagar um pouco mais caro por mais qualidade, do que se dar mal depois, vocês sabem o que dizem por ai, o barato as vezes pode sair muito caro. Vocês tem que se perguntar uma coisa ”Eu realmente quero ir? Por quais motivos eu quero ir”, falo isso porque muitas pessoas que conheço vão porque simplesmente amigos foram, já vi pessoas que pagaram uma fortuna pra ficar 6 meses e voltaram antes porque não aguentaram, revejam os motivos pelos quais você quer ir. Muitos vão pra usar droga, beber, festejar todos os dias, cabular as aulas, e eu acho isso a coisa mais estúpida do mundo, porque na maioria dos outros países, se te pegarem usando qualquer tipo de substancia ilícita você é deportado e perde totalmente o direito de voltar, perde todo o dinheiro investido, além de prejudicar a instituição que você estuda, ou seja, vocês que estão pensando em ir pra apenas ficar longe dos seus pais e fazer besteiras, vão se ferrar porque o dinheiro não é capim e sua família não é idiota. No meu caso, meus motivos são conhecer os Estados Unidos que é meu maior sonho, a cultura, aperfeiçoar meu inglês e ganhar mais maturidade e independência. Escolhi a Califórnia, pelo motivo de ser sempre sol de dia, mas fazer aquele frio a noite, também por LA a segunda maior cidade dos EUA e ter muito o que fazer, tenho praias, disneyland, teatros, cinemas casas de shows, boates, realmente eu um ambiente bem a minha cara, com muita atividade pra fazer, além de ficar pertinho de Las Vegas.

Outra coisa importantérrima é você decidir entre residencia estudantil ou casa de família. Eu optei por casa de família pelo motivo de querer viver o que um tipico americano vive, ter um quarto só meu, ter comida pronta, e não ter que dividir dormitório com um desconhecido. Mas isso vai de cada um, das preferencias e tudo mais. Então é isso, não importa se você vai fazer high school, curso de idiomas, au pair ou universidade, pesquisar é fundamental pra você fazer um intercambio tranquilo. Espero que eu tenha ajudado, até o próximo post.

 

 

 

Anúncios


1 comentário

Look do jour: American Guy

Como todo mundo já sabe, terminei meu shorts dos EUA, não vou mentir, deu muito trabalho. Foi necessário muita dedicação, mas no final compensou, porque gastei 20 reais em um shorts que eu pagaria 200 dólares em algum site gringo, ai não dá. Pra quem quiser fazer depois faço o tutorial. Se você realmente se dedicar faz o shorts em 2 ou 3 dias, mas se for preguiçoso vai demorar quase 1 mês LIKE ME. Look do jour, american guy.

Regata Hering – Shorts (LN) – Tênis Converse All Star – Bolsa Renner


Deixe um comentário

Música do dia!

Quem nunca ouviu o grande sucesso do momento ”Call me maybe” da linda da Carly Rae Jepsen, pra falar a verdade eu achava essa música bem tosquinha, mas até que agora eu gosto, onde eu vou toca essa música, ou estão cantando essa música, a música contagiou até as celebridades como Justin Bieber, Selena Gomez, Ashley Tisdale, e até a Katy perry fez um vídeo cantando a música com seus amigos, muito engraçado.

Se prepare pra ficar com o refrão na cabeça, cantando por onde quer que você vá, pode acreditar acho que essa música tem um poder, mas realmente é bem gostosinha de ouvir, essa é a minha indicação do dia, espero que gostem.


Deixe um comentário

Eu amo São Paulo

Olá, o king do drama está de volta! Fiquei muito tempo sem postar, por falta de tempo, sou newposter de um outro site, tenho conta pessoal nas redes sociais pra cuidar, e também tenho que ter vida social, cursos e tudo mais. Mas me apeguei aqui, nunca mais vou sair, prometo. Mas voltando ao assunto do post, quem me conhece sabe que eu sou a pessoa menos patriota possível, e não tenho vergonha de assumir, não gosto do Brasil por vários motivos, não gosto de calor, não gosto do sistema como o país funciona, não gosto da educação, não gosto nem um pouco da segurança e muitos outros motivos, alguns fúteis como por exemplo o meu trauma da adolescência de não ter um armário na escola, sofro até hoje haha. Mas não odeio tudo necessariamente, já que nasci no Brasil, pelo menos eu tive a sorte de nascer em SP, fala sério, acho que é o único estado que eu realmente amo. Não moro no centro, porém meu acesso até lá é bem facilitado, eu sou apaixonado por aqui, pelo centro. Sempre quando ando, observo de como o estado é bonito. Gente, o que é a avenida paulista? Ando por lá tipo.. desde sempre e nunca me canso, são pessoas bem vestidas, de todos estilos, preferencias e crenças possíveis, pessoas bonitas, pessoas indiferentes sobre cor, crença, opção sexual, classe econômica. Aquelas arquiteturas, as luzes, os grafites. Com certeza é o lugar para todos, podemos andar de skate ou patins, ir ao masp ver obras de arte, teatros, cinema, shopings, barzinhos, baladas e tudo mais. Ir pra lá realmente me inspira, e tirei algumas fotos que me deixaram muito mais inspirado. Quem não conhece SP vem, porque realmente é o único lugar daqui que vale a pena conhecer, sem onfença leitores de outros estados.

Fotos lindas da nossa metrópole né? E adivinhem, todas tiradas pela minha pessoa maravilhosa, ganhei minha câmera semi-profissional essa semana e saio por ai pagando de fotografo,  meu sonho é uma profissional mesmo, porém sou pobre e mesmo se tivesse dinheiro, não é fácil aprender usar uma como parece, o ideal é mesmo começar com uma mais simples. Essas fotos foram as minhas primeiras, e eu achei muito boas para começo. Mas vou tirar várias pra colocar aqui no blog. Então é isso meus caros telespectadores or leitores whatever, até o próximo post.


Deixe um comentário

Agora é a vez das calças.

Todo mundo já está apaixonado pela moda do bandeirismo, já é tendência no mundo inteiro, a uns meses atrás eu achava super corajosas pessoas que saiam com seus shorts com estampa dos EUA pela rua, apesar de eu achar lindo, algumas pessoas podem achar estranho por falta de costume. Ainda mais onde eu moro, as pessoas são caipiras e totalmente desligadas do mundo da moda, muito UÓ, as vezes me acho muito corajoso por arriscar uns modelitos e sair na rua ignorando os olhares do ”olha o menino rídiculo ali”. Mas quer saber de uma coisa, se joguem de cabeça, arrisquem, não se importe com que os outros digam desde que você se sinta bem. Se fosse pra eu seguir o padrão de onde eu moro, provavelmente andaria com um tênis e 12 molas e uma bermuda capri, não dá né? Mas indo para o que realmente interessa, ultimamente andei reparando em blogs, tumblr e no look book, o bandeirismo está cada vez mais presente nas calças, eu acho incrível.

Vou ser sincero, acho lindo, só não sei se tenho coragem de andar com uma dessas aonde eu moro. Por enquanto vou arriscar o shorts apenas, quem sabe mais pra frente o luke não está com uma calça americanizada andando por Poá city. Vocês usariam?