Oh My Closet


2 Comentários

It-boy Rafael Freitas

Bom, como alguns já sabem no meu blog de quinze em quinze dias terá um coluna falando de It-boys, mas o que são it-boys? Serão meninos com vários estilos diferentes, que tenham alguma referencia de moda que me agrade e que seja conveniente aos meus leitores. E  de hoje é o Rafael Freitas, de 18 anos, estudante de cursinho. Não consigo definir um estilo definitivo pro jeito que ele se veste na verdade, reparo em várias referencias diferentes em cada look, as vezes mais rock, as vezes mais clássica. Mas ele se veste muito bem, e adoro suas suas roupas, adoro mesmo.

Podemos reparar que ele ama chapéus né? E é muito a cara dele mesmo, eu particularmente não gostava muito até ver ele usando. Fiz uma entrevista com ele sobre estilo, e isso vocês podem conferir abaixo:

Então Rafa, qual é sua peça de roupa favorita, aquela que voce sempre usa?
R- Sou apaixonado por jaqueta jeans, tenho uma em especial que acho que combina com quase tudo, então é meio que indispensável pra mim, se quero dar um up, acho que estou muito simples, coloco minha jaqueta jeans e dobro um pouco as mangas.

Qual é a peça que você NUNCA usaria, que considera brega ou feio?
R- Dificilmente acho uma coisa brega ou que seja impossível de usar, mas se tenho que pensar em algo, seria as famosas calças boyfriends, não consigo mais associar calças largas hoje em dia

Você têm algum artista ou blogueiro famoso que seja seu ícone fashion ou referencia de moda?
R- Não tenho ninguém que busco inspirações especificamente, geralmente gosto de algo que vi em uma pessoa, uma peça que vi em outra, e nisso vou me inspirando em detalhes, coisas pequenas, e adiciono meu toque pra se adaptar ao meu gosto, me inspiro em muitas pessoas, as vezes nem famosos ou ícones de moda são.

Têm alguma peça que já usou no passado que jamas usaria nos dias de hoje? Se sim, qual?
Uma vez fiz uma combinação de roupa que jamais usaria novamente, cacharrel de lã com um casaquinho de outro tecido e uma boina preta, never again!

É isso galera, pra quem quiser seguir o Rafael no twitter é @ra_afs e até o próximo post!


Deixe um comentário

Ser fã

Como todos sabem, pelo menos eu acho que saibam porque eu não paro de comentar desde os últimos meses, ontem eu realizei meu sonho de ir ao show da pessoa que eu mais admiro no mundo, Demi Lovato, e cheguei a conclusão, que se têm alguém nesse mundo que realmente sofre por ser fã, sou eu. Não é uma vida fácil, além das preocupações e problemas com a minha vida, eu me preocupo com a vida de meus ídolos também, se eles não estiverem bem, eu também não estou cem pro cento feliz. Conheci essa menina chamada Demi Lovato a um tempo atrás quando estreiou camp rock no disney channel, desde então ela é a rainha do meu mundo, ela e os jonas brothers são as primeiras pessoas em meus pensamentos, tenho que saber absolutamente tudo sobre eles todos os dias, desde as coisas mais simples até as mais complexas. Mas voltando pro show, sabe aquele sentimento de tristeza? Então senti por vários momentos, começando pela fila, vendo várias pessoas que até o ano passado não sabiam quem era Demi Lovato conhecerem ela, ganharem meet, passagem de som. É realmente doloroso esse tipo de situação, eu me pergunto: porque eles e não eu? Será que o destino não quis dessa vez porque aguarda alguma outra vez pra mim que seja mais especial, que eu consiga ficar muito mais tempo com ela, só pode ser isso, ou pelo menos eu prefiro acreditar que seja isso. Tantos fãs dela, que realmente gostam dela desde sempre, que já sofreram muito como eu, estavam lá atrás, enquanto uns que  conheceram ela de uns meses atrás estavam a centímetros de distancia do palco. Ontem fiquei 24 acordado, era de madrugada e eu estava na rua, o local do show era afastado de tudo, fiquei um dia inteiro sem comer e bebi muita pouca água, quando a chuva começou os fãs se aglomeraram em uma cobertura e fiquei esmagado, 8 horas sem me mexer, de pé, na mesma posição, várias amigas minhas saíram chorando, outros desmaiaram, eu cheguei ao ponto de achar que eu desmaiaria, mas na minha mente eu me ordenei que não poderia me dar a esse luxo, não poderia ser fraco, esperei tanto tempo por isso, fiz tanto sacrifício, economizei, passei chuva, frio, peguei transporte público, tudo aquilo não poderia ser em vão. Enquanto posers estavam de pista premium sentados na fila relativamente vazia, recebendo esfiha e refrigerante. A injustiça chega até ser um pouco cômica. Realmente era pra eu estar lá, tentei comprar no dia que começou a vender desde a meia noite e madruguei tentando comprar, de todas as formas, pela internet, pelo telefone, e como último recurso a bilheteria. Tudo em vão. Bom finalmente depois de tanta briga, pessoas desmaiadas, suor, dor, eu entrei e estava na pista no meio da multidão, não aguenta meu próprio corpo. Agora acreditem se quiser, não estou falando isso pra ficar uma coisa bonitinha, e nem nada, mas quando Demi entrou no palco, todas as sensações ruins que senti sumiram, cansaço, fome, dor, tudo aquilo não era nada, ela estava na minha frente, a poucos metros de mim, pulei como se ninguém estivesse olhando, cantei como se ninguém estivesse ouvindo, e depois da última música eu percebi que tudo isso valeu a pena e eu faria tudo de novo por ela. Toda vez que eu quis desistir e sair daquele aperto e ir pro final da fila, eu lembrava de seu rosto e repetia pra mim mesmo”stay strong lucas”. Clichê? Pode até ser, mas real. Esse tipo de coisa só me faz perceber que eu sou um fã, ser fã está no meu sangue. Ao menos cheguei a grade de pista no final de tudo, e sinto que ainda não acabou, muita coisa vai acontecer. Esse post especialmente a todos os fãs seja de qualquer artista mas principalmente aos lovatics.


Deixe um comentário

Coachella Festival

No post anterior falamos de looks pra festivais né? Então, recentemente tivemos o festival Coachella que contou com a presença de várias celebridades, e vou mostrar alguns dos meus looks preferidos.

Todo mundo sabe que eu sou um completamente apaixonado pela Vanessa Hudgens e seu estilo bem hiponga, ela está em festivais como esse e representa os hippies, sempre está com esse tipo de roupa até no seu dia-a-dia, ela apostou no shortinho, com uma camiseta florida, uma bota e uma sobreposição transparente e ficou incrível. E o da Katy? Fazia muito tempo que ela não se vestia bem como se vestiu no festival, ela estava bem brega ultimamente, mas ela acertou total com o vestidinho florido, com a meia calça rasgada e um sapatinho masculino baixo. Emma Watson estava bem a vontade não acham? Com um vestido com estampa bem animal, não deixou de estar fofa, com seu chapéu marrom, um casaquinho escuro e pra terminar uma sandália aberta, ficou incrível. Fergie estava bem comportadinha com um visual bem folk, o típico chapéu, e um casaco longo cheio de franjas e pra completar uma botinha baixa.

O meu preferido de todos Kate Bosworth, foi bem simples, shortinho e sapato preto com a t-shirt com a estampa animal. Nina Dobrev, mostou pra todo mundo que pra se estar perfeita e estilosa não se precisa de muito, ela estava super simples e pra mim estava uma das mais bonitas do festival. Mas e os looks pra noite? Todo mundo sabe que o festival se passa em um lugar que fica no deserto, ou seja, de dia faz um calor infernal e de noite faz um pouco de frio, diria que até bastante frio.

Lindsay Lohan estava perfeita sim ou claro? Tudo bem que um Jeffrey Campbell não é o sapato mais recomendável pra um festival, mas ficou incrível com um calça de couto, blusinha de solta azul e um chapéu preto. Bom saber que ela sabe se vestir, apesar de eu ser um super fã dela e de seus filmes, nunca reparei muito nas roupas que ela usa. Emma Watson optou por um look mais confortável, calça de sarja preta com um coturno marrom, blusinha e um super casaco com pelos, e ficou muito estilosa. E aí qual foi o seu preferido? Qual você menos gostou? Me conte!


Deixe um comentário

Festivais e shows

Bom, todo mundo sabe que o Brasil está bombando de festivais e shows, tivemos rock in rio, SWU, lollapalooza, e em breve teremos o pop music festival e acredito que teremos muito mais. Shows acho que perdi a conta de quando tiveram/vão ter por aqui, os artistas realmente amam aqui ou amam nosso dinheiro. Mas a pergunta é, como nos vestir em ocasiões como essa? Eu sempre vou em shows, mas não é só porque é um show que você têm que ir de qualquer jeito, dá sim pra se vestir bem e ficar confortável ao mesmo tempo, só temos que ter a noção que estaremos sujeito a sol, chuva, vento, tumulto e as vezes até barro, então não queira inventar moda ou fazer a phyna e querer ir de salto, isso seria muito sem noção! Outra dica: Não custa nada dar uma olhadinha na previsão do tempo pra saber como vai estar o dia, porque ai te ajudará a montar o seu look. Opte por sapatos baixos, pras mulheres rasteirinhas, tênis, coturnos são um dos mais apropriados pelo fato de te proteger da chuva, barro e outras coisas. Para homens, por favor, sapato social ou oxford não dá né?  Tênis, botas, coturnos e fim. Aqui vai um dica de roupas para os homens, me inspirei pra escolher essas roupas em situações de calor e de frio, pra festivais, shows e tudo mais.

 

 

Homem é mais o básico, não dá pra inventar muito para não acabar ficando cafona e exagerado, separei o primeiro look pra uma situação como um tempo equilibrado, o segundo é bem confortável pra um dia de calor com o shorts e tenis bem despojados e o terceiro é pra um dia mais frio, chuvoso, por isso o coturno para não ficar com os pés molhados e da um super estilo pra roupa. Mas temos muitos tipos de festivais, temos que lembrar o gênero do festival que estamos indo, por exemplo no rock in rio quase exige que você vá com look inspirado no rock ‘n’ roll, um festival como o SWU que se tem um público mais alternativo, e também por sem em um camp permite mais opções além do rock, como por exemplo um visual hippie. Separei também alguns looks femininos pra festivais e shows.

Não tenho palavra pro primeiro, é meu preferido de todo o post, usado pela Vanessa Hudgens em um festival lá nos EUA, ela é bem conhecida pelo seu estilo hippie e acho ela uma super referencia pras meninas que curtem o estilo, claro que é preciso coragem pra se ir em um festival descalça aqui no Brasil, mas lembrem-se, as vezes temos que ousar, acho que uma menina assim com certeza chamaria a minha atenção com essa roupa, pro lado positivo é claro, eu particularmente achei que o que deixou esse look mais naturalista foi os pés descalços com um acessório no tornozelo. O segundo é uma mistura de rock, com hippie, é realmente o equilíbrio entre os dois estilos, têm até um pouco do folk com essa bota, usado por Gillian Zinser que interpreta Ivy em 90210. O terceiro é o mais rock de todos, com um corturno branco, que como eu já disse é super confortável, talvez branco não seja o mais recomendável pra se usar, mais o couro dos coturnos geralmente são muito fáceis de se limpar passando apenas um pano, então não tem muito problema. Essas foram minhas dicas pra shows e festivais, espero que aproveitem as dicas, até o próximo post.


Deixe um comentário

Música do dia!

Sou só eu ou vocês também não acham a música ”Beautiful” da Christina Aguilera perfeita em todos os sentidos, a letra é muito motivadora e muito bonita, a melodia é arrepiante, e a voz da Christina não preciso nem comentar né? E agora smash vez uma versão não tão diferente, mas não consigo para de ouvir, e quando não estou ouvindo estou cantando baixinho na rua, ou no curso, realmente ficou muito boa, e até a uns minutos atrás eu não sabia que tinha o clipe, que ficou arrepiante com cenas da série e imagens da nossa linda NY, têm como não ficar inspirado? Confiram!


Deixe um comentário

Os tipos de rhycos das séries

Vocês todos podem me achar muito estranho pelos mínimos detalhes que eu reparo de absolutamente tudo, mas não consegui deixar de notar a diferença dos ricos de duas séries que eu assisto de duas regiões diferentes dos Estados Unidos, New York City onde se passa a série Gossip Girl e 9O21O que se passa em Los Angeles  na Califórnia.

 

Quando se fala Gossip Girl aposto que na cabeça de todos já vem o glamour, o luxo, as roupas de grifes, limusines e tudo mais. Como um grande fã de série a cada vez que assisto percebo que adolescentes e jovens adultos de NY são os seres humanos menos independentes e mais infantis de todo o mundo,  já perceberam que todo típico adolescente americano (mesmo que seja rico) quer tirar a carta pra ter seu próprio carro e sair dirigindo? Os nova-iorquinos não! Dependem de motoristas de limusines e táxis amarelos, de dia brincam de quem é a rainha da escola e de noite fumam maconha na piscina. Tão contraditórios. Seguem uma única linha hierárquica, nas quais todos devem obedecer, vamos combinar que as adolescentes apesar de serem lindas e glamourosas, parecem miniaturas de madames peruas usando aqueles vestidos lindos e exagerados de grifes em festas. Minha impressão é que é o mundo onde todos batalham pra quem vai ter o vestido mais caro da festa, onde todos são frios e mesmo com vestidos tão distintos são muito parecidos. Não pensem que é uma crítica negativa a série, porque sou muito fã mesmo, amo esse universo fútil e pode assumir que você também ama né? Qual é, se quiséssemos cultura assistiríamos discovery channel! Os homens são verdadeiros cavalheiros (pelo menos no modo de como se vestem) com estilo bem preppie. Jovens nova-iorquinos de vista parecem verdadeiros adultos, mas são os mais dependentes de mamães e papais de todos os outros do universo.

E os ricos da terra do Sol? Os Hollywoodianos? São uma versão TOTALMENTE diferente dos nova-iorquinos, são totalmente independentes, desde dirigindo seus próprios carros, a abrindo seus próprios negócios. Assisto 90210 e comparo interesses tão diferentes, eles são mais preocupados ”O quanto de bebida terá na festa” do que ”com qual roupa ir?”. Eu diria que são menos fúteis, bem menos, é claro que sempre temos a personagem patricinha na série que o pai dá tudo. Mas acompanho a série desde o começo, e os personagens ricos que existiam não tinham tudo de mão beijada, geralmente viviam a mesma adolescência que os outros que não eram da mesma classe social,  e mesmo os que se tornaram ricos depois não usaram seu dinheiro em besteiras e nem tinham uma vida de luxo, 90210 se trata de uma série um pouco menos ”conto de fadas” e mais real, sobre os interesses de típicos adolescentes americanos. Eles são mais o tipo que fazem uma fogueira na praia ao invés de uma festa black tie. Os  estilos são muito diversificados, temos desde o hippie, o patricinha e até o clássico.

 

Mas apesar de tão diferentes estilos, sou fã das duas séries, não consigo escolher a minha preferida. E lembrem-se que meus argumentos são baseados em séries fictícias, não estou dizendo que é assim na vida real, estou me referindo e comparando um mundo que não existe, ou talvez exista..  Beijos e até o próximo post.


Deixe um comentário

Dê um play em Rooney!

Provavelmente vocês nunca ouviram falar de Rooney, que é uma das minhas bandas preferidas, eu realmente sou muito fã dessa banda Californiana, o estilo deles é meio indie rock e têm uma grande influência britânica, eu os conheci em 2004 em uma participação que fizeram em The OC,  fiquei alucinado, passei a pesquisar sobre a banda e tudo mais. Quem aqui já assistiu o clássico da disney o diário de uma princesa com Anne Hathaway? Acredito que todo mundo! Então,  Robert Schwartzman (vocalista) que faz o mocinho que têm um romance com a protagonista, até canta uma música que se chama ”Blueside” no filme.

 

 

Taylor Locke (Guitarrista) já teve um relacionamento com a atriz Mischa Barton que interpreta Marissa Cooper em The OC e uns também falam que ela já ficou com Robert, mais são boatos.  A banda não faz muito sucesso nos EUA, mas já fez um pouco,  mas hoje em dia ficou meio esquecida, aqui no Brasil também é pouco conhecida, mas a banda é realmente muito boa pra quem gosta de uma pegada rock indie, sou muito viciado em todos os álbuns deles, e ultimamente estou muito viciado na nova música ”When did you heart go missing?” do segundo álbum, que entrou pra trilha sonora da primeira temporada de Gossip Girl. Outra música bem conhecida deles, é ”I am terribe person” que toca no comercial do perfume Carolina Herrera. Se você não conhece eu super indico, você precisa conhecer!